segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Ela+ Ele+ Amor = Amizade?!

A paixão havia te dominado. Ela já não pensava mais em si mesmo, somente nele. Era uma paixão tola, algo que por mais que ela não quisesse, ela sentia! Era algo forte, algo que a dominava de uma tal maneira que se tornava banal, se tornava inevitável em sua vida! 
Aquela paixão acabou, tudo ficou mais claro. Agora ela amava, o amava de verdade, não era um amor tolo, não era um amor banal.. Era algo que a fazia sorrir (mas quando a saudade batia, o choro era inevitável). Ela resolver se declarar... Ele falou que também a amava (mera ilusão? Talvez!) ...Ele a iludiu com um falso amor... Ela achou que era amada.. Tudo teve seu final!
Tempos se passaram e ele aprendeu a ama-la ...Ela continuava o amando, mas em silêncio!
Parecia que nada dava certo, parecia que não era para acontecer ( mas aconteceu).
Em um dia qualquer, eles se beijaram e juraram que seria eterno! Tudo pra ela começou a ser perfeito, era tudo o que ela mais queria, estar com ele todos os dias de sua vida, chama-lo de seu, e ser totalmente dele.. Aquilo em sua mente era chamado de PERFEITO!
Mas, como tudo que é bom, sempre acaba!
Ele tinha medo, medo de ama-la, medo de sofrer, medo daquele tal sentimento crescesse e se torna-se tudo em sua vida.. E então, eles terminaram ( talvez até contra a vontade deles, mais talvez fosse o melhor)
ELA: Tentou, tentou, tentou... esquecer aquele louco amor, e talvez agora tivesse conseguindo.
ELE: Aprendeu a esquece-la!
E eles? Eles estavam começando a aprender a serem somente amigos!

5 comentários:

  1. Ao menos a verdade é suberana: tudo tem seu fim, inclusive o amor!
    O segredo, de verdade, é vivê-lo feito Vinícius de Morais, fazendo dele eterno enquanto durar!

    ResponderExcluir